Flor de Jasmim

jasmim

Oh, linda flor jasmim!

Amar-te-ei pela metade?

Como poderia?

Se tuas lianas atou-me num forte abraço,

Desejar-me em tuas sombras é o meu cansaço,

Me atrevo nos teus arbustos meus embaraços.

Eres completa!

Com o teu dom me acertas,

Me apertas,

Sinto saudades

De ter-te somente em mim,

Tal lealdade,

Perdeu-se quando te pôs noutro jardim.

Fostes sem mim,

E como posso amar-te em meias partes?

Se me queima , no âmago, um calafrio,

Excitando os ardores no sangue frio,

Cada vez que penso-te,

Vejo-te mais flor,

Amo-te mais,

Sem meios termos,

Sem meio-amor.

Anúncios

6 Comentários to “Flor de Jasmim”

  1. Republicou isso em Vitrine da LUAe comentado:
    ‘E existem aquelas pessoas que,por mais distantes que estejam,ainda continuam perto’…

  2. Alma, gostei muitíssimo! Seus poemas são belos, sensíveis e intensos. Mais uma vez, parabéns por mais essa pérola.
    Grande abraço!

  3. Republicou isso em Borboletanoespelhoe comentado:
    Oh, linda flor de jasmim!

  4. Ah, Alcione, gosto muito…e tanto, tanto! Abs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: